Contactos
Contactos
CSantos Consultoria
Parceria Primavera
Facturação Primavera Starter, Tlim e Pssst!
MDI Facturação
Facturação Microdigital
Redes - Hardware
Servidores, Cablagem, Bastidores, Conectividade, etc.
Decisor
O Planeador dos Recursos de Gestão da sua Empresa
Redes - Software
Software necessário e/ou mais importante para servidores
Parceria Decisor
Anúncio da minha parceria com o ERP Decisor da New Decision
Websites
A importância de um Website para a organização
Ir para o início da página CSantos Consultoria no Facebook CSantos Consultoria no Twitter Contacte CSantos Consultoria por Skype Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. Contactos CSantos Consultoria

O que é um ERP

Média/Grande EmpresaERP - Enterprise Resource Planning, ou Planeamento de Recursos da Empresa - é um conjunto de aplicações de gestão integradas numa só, de forma a que toda a informação da empresa fique disponível em diversas camadas e densidades, para todos os utilizadores, ou só para alguns, dependendo da forma como o cliente tem a empresa organizada.

Através da integração das diversas aplicações de gestão numa só, toda a informação apresentar-se-á de forma automática, sem repetição de movimentos. Ou seja, por exemplo: sempre que seja lançada uma factura, a tesouraria e a contabilidade passam a ter os movimentos referentes a este documento, se assim for necessário. Movimentos de compras, produção, tesouraria, etc., tudo de forma automática. 

O método organizacional depende, em parte, de ERP para ERP, mas sobretudo, depende do próprio cliente, quer na adaptação do cliente ao software, quer na adaptação do software ao cliente. Ou seja, o ERP já tem metodologia definida, que a empresa poderá adoptar em parte ou no seu todo. Se houver uma adaptação parcial, o ERP terá de ser alterado por forma a satisfazer a restante metodologia do cliente.

Na generalidade, os ERPs têm sempre de sofrer algumas alterações, principalmente porque a maioria das empresas tem o seu método de gestão próprio. No entanto, existem vários clientes que preferem adoptar o novo método existente no ERP, por ser mais fácil na adaptação e, também, por ser um método mais interessante para a gestão da empresa.

Os maiores problemas na implementação de ERPs são a adversidade e resiliência dos próprios utilizadores, que são, na maioria, resistentes às inovações. A maior parte das queixas, no início, são relativas ao facto de assumirem que o software anterior era muito melhor e funcionava sem erros ou problemas.

Qualquer implementação de qualquer inovação traz sempre problemas no início, mas transpostas estas adversidades, o ERP é, quase sempre, a grande solução para a melhoria da gestão da empresa…