Contactos
Parceria Primavera
Facturação Primavera Starter, Tlim e Pssst!
Redes - Software
Software necessário e/ou mais importante para servidores
Websites
A importância de um Website para a organização
Redes - Hardware
Servidores, Cablagem, Bastidores, Conectividade, etc.
Decisor
O Planeador dos Recursos de Gestão da sua Empresa
MDI Facturação
Facturação Microdigital
Parceria Decisor
Anúncio da minha parceria com o ERP Decisor da New Decision
Contactos
CSantos Consultoria
Ir para o início da página CSantos Consultoria no Facebook CSantos Consultoria no Twitter Contacte CSantos Consultoria por Skype Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. Contactos CSantos Consultoria

História - Outros Softwares

A partir de 1991, com a assistência ao software de gestão veio também a necessidade de usar outros programas, especialmente para emissão de cartas, criação de listagens com cálculos automáticos, etc. 

WordStar

Além dos editores específicos para programar em Clipper (o que mais usei foi o saudosíssimo Kedit, que já na altura interpretava o código Clipper e avisava quando algum algoritmo ou sintaxe estavam errados), comecei a usar nesse ano o Word Star, para emissão de cartas e faxes, e o Lotus 1-2-3, que já importava dados do motor de base de dados DBase e fazia alguns cálculos avançados com estes dados. 

Algumas listagens eram emitidas para DBase, ao invés do papel, e posteriormente importadas para o Lotus 1-2-3 para serem calculadas algumas fórmulas, como por exemplo saldos contabilísticos acumulados, controle de consumos de matérias primas e mão de obra de produção, etc., através de regras configuradas no Lotus. 

Lotus 1-2-3

Com o avançar dos anos e com o aparecimento do Windows, o MS-Word e o MS-Excel foram substituindo aqueles programas; a linguagem de programação Clipper rendida pelo Visual Basic e outras linguagens orientadas para objectos; e as bases de dados começaram a ter orientação cliente/servidor. 

Esta evolução deveu-se ao facto dos sistemas operativos para PC deixarem para trás as linhas e colunas do MS-DOS e passarem a ter como ponto de partida o pixel. Além disto, também passaram a tender fundamentalmente para as redes de PCs. 

MySQLComo a evolução é uma constante, actualmente as linguagens de programação são orientadas para a Web, ou seja, para a Internet. Desde o HTML que, com a versão 5 e o CSS, já permite manusear aspectos gráficos sem recorrer ao Flash; o PHP para trabalhar bases de dados cliente/servidor remoto como o MySQL; o javascript para interacções com o utilizador, etc. 

História +Softwares
Mt Everest Sketch: Copyright © Prem Gaire